Cobertura de um posto de gasolina – Matúškovo, Republica Eslováquia

Cliente: 
Software: 
País: 
Slovakia
Anexo: 

Fundações

As fundações dimensionadas para essa estrutura são sapatas sob os pilares e vigas de concreto sob as bombas de gasolina. Os blocos de fundação foram dimensionados sem excentricidades com dimensões de 2,3 m x 2,3 m e 2,15 m x 2,15 m. A espessura dos blocos é de 70 cm.  A base das vigas de concreto está 2,5 m abaixo do nível do solo.
O topo das vigas de concreto está à 1m acima do nível do terreno, o que é também o ponto de apoio dos pilares.
A fundação foi armada com chapas soldadas KARI de diâmetro de 6 mm. O espaçamento entre as barras é de 100 mm e o diâmetro de 12 mm.

 

Estrutura vertical

Três pilares circulares com diâmetro externo de 550 mm e interno de 200mm fazem a transferência da carga vertical da cobertura para as fundações. Dentro dos pilares há um espaço para escoamento de águas pluviais. Os pilares têm formato cônico para um encaixe perfeito com a cobertura. A parte curvada dos pilares é equipada com entrada para iluminação. A armação dos pilares é dimensionada para os dois diamentros  com barras de 10 mm e ganchos.

Estrutura Horizontal

A estrutura resistente ao carregamento horizontal é formada pela laje curva de 150 mm de espessura. Essa espessura muda dependendo da posição principalmente na junção com os pilares. A laje é armada com chapas soldadas de 6 mm de diâmetros e 100 mm de espaçamento no ponto de curvatura mínima. Na ligação com os pilares barras de 12 mm de diâmetro foram utilizadas . A armadura principal sobrepõe as armaduras dos pilares. Em volta dos equipamentos de iluminação, armadura especial de 8mm de diâmetro foi utilizada.

 

Construção

A construção iniciou-se em Março de 2011 com a escavação do terreno. Após esse período iniciaram-se as formas da fundação (sapatas e vigas) seguidas da concretagem, que foi terminada em meados de Março. A concretagem foi dividida em 02 etapas e terminou em Abril de 2011. As formas foram retiradas no final de Maio de 2011 após o teste de Schmidt-hammer que comprovou a resistência satisfatória do concreto. Todo processo de construção aconteceu de maneira adequada e de acordo com o previsto. A obra foi inaugurada em Agosto de 2011.

 

Materiais Usados

  • Fundação em concreto  STN EN 206-1 VC25/30 XC1 (SK) - C1 0,4 - Dmax 16-32 - S3, admixture SILIKATE 2%
  • Concrete da edificação STN EN 206-1 C30/37 XC1 (SK) - C1 0,4 - Dmax 16 - S3, admixture SILIKATE 2%
  • Chapa soldada KARI netting 6/100 (W)
  • Armadura  10 505 (R)

Imagens & Screenshots